Coleção Kingdom Hearts

Coleção Kingdom Hearts
Coleção

153639-Kingdom_Hearts_(France)-3

E nesta post sobre minha coleção eu separei coisas referentes a Kingdom Hearts, como por exemplo a Disney e Final Fantasy!

-

Meio impossível não gostar da mistura de Square Enix + Disney que foi Kingdom Hearts!

E em quase 28 horas jogando e finalizando o primeiro jogo da série (difícil!! Principalmente em relação ao inimigo final e às missões no Coliseu do Hércules!), tive o prazer de ter esta história marcada em minha vida para sempre.

E nada como relembrá-la através de quadrinhos.

KH1

O mangá em estilo ocidental com apenas 4 volumes (só possuo 2 deles).

A história de 3 garotos que querem viajar para fora de sua ilha, porém acontece contratempos e um dos garotos (Sora, o protagonista) se junta a 2 outros personagens (Donald e Pateta) para atingir seus objetivos enquanto visitam diversos mundos e personagens.

[spoiler]Rever a Aeris após a morte em FFVII é bem tocante…[/spoiler]

Links referentes:
Kingdom Hearts Walkthrough 3 first worlds
Wikipedia – pt
Wikipedia
Detonado

Esta série teve continuação:

Kingdom Hearts 2

Kingdom Hearts 2. Um jogo originalmente de PS2 que teve 10 volumes de mangá adaptados (possuo 9 deles).

Infelizmente não tive o prazer de terminar esta sequência devido a erro no meu console. Porém, em questão de narrativa, conseguiu ser ainda melhor que o primeiro, apresentando uma história envolvente e novos personagens. Diferente do seu predecessor, o enredo deu um upgrade bem significativo. O que me fez gostar ainda mais desta série!

“Não vamos conseguir ficar juntos para sempre, mas sempre vamos ter nossas lembranças” Hayner

A série também possui alguns jogos spin-offs assim como suas adaptações em mangá (ainda não de todas).

KHCoM

Kingdom Hearts Chain of Memories me pareceu um jogo mais para matar a saudade entre o nº 1 e 2. Mas ele também serviu para mostrar o que acontece no hiato entre eles.

Foi lançado originalmente em Game Boy Advance e posteriormente teve uma versão para PlayStation 2. Desta vez, o motivo de eu não ter jogado foi devido ao gameplay não me ter agradado… Além da história de perca de memória constante dos personagens…

Kingdom Hearts 358

Kingdom Hearts 352/2. Jogo lançado para o Nintendo DS. Amei ele e sua adaptação. Saber mais sobre a Organização XIII que me conquistou no jogo 2, foi maravilhoso!

A capa da versão mangá está no lado da contra-capa, o que pode gerar um pouco de confusão ao leitor desatento…

“E daí se eu não tenho memórias nem coração!? Eu vivo pelo que sinto no presente! Eu abraço minhas emoções! Ninguém pode decidir o que eu sinto ou deixo de sentir! Meus sentimentos são meus! Só meus!” Roxas

fanzine

Kingdom Hearts Cracks é uma HQ destinada para fãs feita por uma fã repleto de fan service! Amei a leitura!

Kingdom Hearts álbum

Este é um álbum de figurinhas do jogo. Ele é bom. Consegui completar todas as figuras. Me senti de volta à infância comprando figurinhas em bancas de revista.

Porém, fiquei chateado em não ter personagens do Final Fantasy…

————————————–

Agora partimos para os mundos paralelos ao de Kingdom Hearts:

Disney:

filme

Monstros SA, um mangá de Hiromi Yamafuji adaptado do filme da Pixar de mesmo nome. Traço dos desenhos super fofos e adaptação muito fiel!

Neste mangá também veio uma história extra da Lilo e do Stitch. Escrito e desenhado por Sanami Suzuki. Uma adaptação do filme da Disney com os mesmos personagens!

O segundo mangá, Stitch no Japão, é de Yumi Tsukirino. É composto por várias histórias fofas, agradáveis e curtas.
Ao invés de Lilo, Stitch contracena com Yuuna. Uma menina que mora no Japão.

Quanto ao terceiro mangá da imagem, Wall-E, foi de autoria de Shiro Shirai e também é uma adaptação de filme da Pixar. Ver personagens em computação gráfica em um traço de mangá foi bem legal!

O problema destes 3 mangás que achei foi o fato das capas não terem o nome dos autores e apelarem muito para o público que gostaram dos filmes originais…

dr

Um livro ilustrado do filme da Disney, Detona Ralph. Foi adaptado por Barbara Bazaldua. Nem me recordo como adquiri este livro. Mas por ser sobre um dos meus filmes favoritos de animação, não me arrependo nem um pouco em tê-lo.

Operação Big Hero

Big Hero 6 baseado no filme homônimo. A obra adaptada em mangá, pelo Haruki Ueno, consegue superar a versão em filme na minha opinião. Mesmo que as diferenças entre as duas sejam poucas…

É uma história baseada no quadrinho da Marvel de mesmo nome. E conta a história de um jovem garoto prodígio chamado Hiro Hamada que cria uma equipe de superherói para lutar contra um vilão mascarado.

Estranho Mundo de Jack

O engraçado deste mangá de Jun Asuka adaptado do filme de Tim Burton é que ele inclui as cenas dos personagens cantando! *risos*

Sou fã do filme e dos personagens, então nem é preciso demais comentários.

fadas

Fadas, mangá de autoria de Haruhi Kato. Possui 3 volumes, mas só possuo o primeiro.

É sobre uma personagem chamada Vidia. Uma fada que mora na Terra do Nunca e é acusada injustamente de roubar a coroa da rainha das fadas! Durante a história ela tenta resolver o mistério do desaparecimento.

Volume divertido que me relembra os filmes da Tinker Bell que compartilho um afeto por eles.

Epic Mickey

Epic Mickey é a adaptação em quadrinhos do jogo de wii lançado em 2010. Um dos jogos que mais aguardei o lançamento em 2009. O foco da história é no personagem Osvaldo, considerado o protagonista da Disney antes do Mickey o substituir!

Roteiro ficou por conta de Peter David. Fabio Celoni e Paolu Mottura cuidaram da arte e Giuseppe Fontana e Massimo Rocca cuidaram das cores.

O desenhista variou nos 6 prólogos. Foi o Claudio Sciarrone.

Gostei dos trocadilhos que o Pateta animatrônico fez.

A história envolve uma desventura que o Mickey fez em uma cidade criada por Yan Sid na qual habitavam os personagens de cartoons esquecidos.

Por exemplo, o primeiro cartoon de curta duração, em 1927, feito por Walt Disney, junto com Ub Iwerks, tinha como protagonista o Osvaldo. Um coelho que é a principal co-estrela do jogo e do quadrinho.

E o principal personagem a ajudar o Mickey na trajetória da história é um Gremlin de 1943 baseado no livro de Roald Dahl.

Com elementos de velhos curtas metragens do Mickey, referências a Alice (como “atravessar o espelho” e “seguir o coelho”) e enfatizar em personagens antigos do mesmo criador, esta obra necessita ser vista para os amantes desta maravilhosa empresa.

————————————-

Já que mencionei a Alice no comentário do quadrinho anterior, agora vou falar o que possuo relacionado a esta personagem, que é a minha favorita Princesa do coração:

Alice

Alice Hearts:

Dos 6 volumes possuo apenas 2 até o momento.
Obra muito boa baseada no livro de Lewis Carroll!
Alice é uma adolescente que foi raptada por um coelho antropomórfico a participar de um jogo no País das Maravilhas.
País bem mais sombrio e violento do que o mundo que ela costumava viver.

Alice de Sakura Kinoshita:

A famosa autora de mangás e doujinshi yaoi, além do mangá de The Mythical Detective Loki Ragnarok (nostalgia desta obra do tempo em que eu assistia a sua adaptação pelo canal Animax…), Sakura Kinoshita, também publicou uma adaptação fofa e colorida de Alice.

Miyuki-chan:

Um mangá da Clamp em que a colegial de nome Miyuki visita um mundo diferente por capítulo!
Os dois primeiros capítulos, assim como o título do mangá, fazem referência à obra de Lewis.
O último capítulo ela visita o mundo de uma outra obra da Clamp, X

Alice de Jun Abe:

Jun Abe ficou responsável por esta adaptação baseada no primeiro filme de Alice do diretor Tim Burton.
“A única forma de alcançar o impossível é acreditando que é possível” Charles
Uma história que acontece 12 anos depois da descrita no livro de Lewiss
O traço de Jun aparenta um rascunho, mas conduz a história muito bem.
“É possível ir a cavalo ou de trem, mas a melhor forma de se viajar é de chapéu” Chapeleiro

Alice de Érica Awano:

Baseado no livro “Alice no País das Maravilhas”, desenhado por Érica Awano com roteiro de Leah Moore e John Reppion e colorização de PC Siqueira, Ale Starling e Jezreel Rojales.
Érica é a incrível desenhista de Holy Avenger e apresenta uma arte linda inspirada nos quadrinhos japoneses.
E em conjunto com belas cores pelos coloristas, a obra foi um espetáculo de leitura.
Uma bela graphic novel a se ter na coleção!

E para finalizar o post, o livro de Lewis Carroll. Nesta edição possui o livro “País das Maravilhas” e “Através do espelho“.

Simplesmente um clássico da literatura que necessita ser lido por pessoas de qualquer idade.

Advertisements
This entry was posted in Aleatório / Random. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s